A série de imagens feitas no Metrô de São Paulo fazem parte de um projeto maior chamado ‘Instagramática‘, onde o fotógrafo Sidney Haddad faz uso do telefone celular como aparelho fotográfico, usando e abusando de filtros do aplicativo Instagram.

Sidney trabalha com imagens saturadas e sempre com a mesma borda, rabiscada. Todo o seu projeto ‘Instagramática‘ é voltado para o urbano, seja em São Paulo ou qualquer outra metrópole do mundo.
Na série “Nas Linhas” ele tenta olhar o Metrô de São Paulo com um viés diferente do documentarista, não deixando de documentar, mas de uma forma muito mais íntima, atento aos detalhes, o que nossos olhos não tem o hábito de olhar.

“As imagens contam estórias, se arranjam em um roteiro subjetivo, saltitam de uma estação à outra sem nenhum tipo de barreira“, conta Sidney.

Sidney tem 58 anos e estou nesta vida da fotografia desde os 17. Começou a trabalhar com fotografia nos anos 1980 em Paris, quando estudava na capital francesa. De volta ao Brasil, trabalhou com o Miro, protagonista da história da fotografia de moda e publicidade no Brasil, por quase 2 anos. Depois se tornou sócio e proprietário da empresa Fresh Imagem e Tecnologia.

Confira o ensaio publicado com exclusividade pelo São Paulo São.










 

***
Por Mauricio Machado.

Fonte: http://www.saopaulosao.com.br/nossas-pessoas/2756-nas-linhas-fotografo-usa-celular-como-maquina-fotografica-e-produz-serie-instagramatica-intimista-no-metro.html